Muito cuidado com as "fake news" que andam circulando contra as vacinas. Estas informações estão sendo divulgadas com o objetivo de desencorajar as pessoas quanto ao uso das vacinas. Esse material (textos e vídeos) falso é na maioria das vezes repassado por meio das redes sociais e não mostram as fontes das informações.

Então que tal lermos sobre 7 fake News que andam rolando por aí sobre as vacinas? Olho vivo e braço preparado para atualizar cartão de vacinas da criançada e de nós adultos também.

1. Se a BCG não deixar marca no braço é sinal de que não "pegou"?

A ausência da marca não indica falta de proteção e nem será necessário dar mais uma dose.

2. Vacina contra gripe causa gripe?

O imunizante é feito de vírus inativado e te mzero chance de provocar a doença.

3. Imunizantes podem deixar sequelas a longo prazo?

Nada disso. Doenças, sim, podem causar sequelas a longo prazo. A grande maioria dos eventuais efeitos colaterais dos imunizantes ocorre já nos primeiros dias (ou semanas) após a vacinação. Além disso, antes de ser liberada para aplicação na população, uma vacina passa por uma longa bateria de testes até que se tenha certeza absoluta de que ela é segura e vai cumprir seu papel com eficiência.

4. É melhor ser imunizado pela doença do que pela vacina.

Os riscos de não vacinar e apresentra complicações pro causa da doença são bem maiores do que as eventuais reações adversas que as vacinas podem causar. A chance de uma doença evoluir com internções hospitalares  e mortes é reduzida significativamente pela imunização.

5. Tomar mais de uma vacina no mesmo dia sobrecarrega o organismo.

Existem evidências de que a aplicação simultânea, as chamadas vacinas combinadas, melhoram a formação de anticorpos se maumentar significativamente os efeitos colaterais.

6. Imunizantes contém mercúrio, que é perigoso para a saúde?

O timerosal (composto orgânico à base de mercúrio) é um conservante que está presente em algumas vacinas, nos frascos com mais de uma dose e em pequena quantidade, ele é devidamente metabolizado pelo organismo e não oferece risco algum à saúde.

7. Grávidas não devem se vacinar?

Pelo contrário. As vacinas protegem não apenas a gestante, como também o bebê, por caus ada passagem de anticorpos pela placenta. Alguns imunizantes que as gestantes devem tomar: gripe, tétano,difteria, coqueluche e COVID-19.